Descarte irregular, saiba por que não fazer

A construção civil é uma das principais responsáveis pelo descarte irregular de lixo no nosso país. Cerca de 33 mil toneladas de entulhos são descartados por ano no Brasil. Você já parou pra pensar onde isso tudo vai parar e em como isso pode nos afetar?

Os impactos e riscos são tantos que os temas meio ambiente e construção civil são recorrentes nos debates.

Sendo assim, saiba os perigos do descarte irregular lendo o restante do nosso post.

Porque o descarte correto é necessário 

  • Doenças

O acumulo de lixos e entulhos em terrenos e locais inapropriados aumenta a proliferação de pragas e doenças nos arredores. Ou seja,  coloca em risco a saúde da população que vive próxima ao local.

  • Enchentes

O despejo de resíduos em vias e locais impróprios pode entupir os bueiros. Pois esses resíduos se concentram na entrada das “bocas de esgotos” e a passagem da água é impossibilitada. Desta forma, alagamentos, enchentes e inundações podem acontecer.

  • Circulação

Entulhos e lixos que são descartados em vias e calçadas atrapalham a mobilidade das pessoas que transitam pelo ambiente, além disso, também podem ocasionar em acidentes.

  • Poluição

Quando descartados de forma imprópria os resíduos que possuem agentes químicos podem contaminar os lençóis freáticos e o solo, dessa forma afetam a fauna e a flora de todo o local. Em casos mais graves essa contaminação também pode trazer problemas para a saúde pública.

  • Desperdício

O descarte irregular traz custos para toda a sociedade, pois os gastos da limpeza urbana aumentam. Sendo assim o poder público gasta mais para recolher, tratar e descartar todo o entulho.

Além disso, o descarte inadequado de resíduos é cabível de multa, o que não deixa de ser outro bom motivo para se preocupar com a destinação correta dos entulhos.

Como fazer o descarte responsável

Tendo em vista todos os riscos, aprenda agora como descartar de forma adequada.

O entulho deve ser separado e classificado em grupos: A – reutilizáveis; B – recicláveis; C – que não podem ser reutilizados ou reciclados; e D – perigosos e de acordo com a sua separação ele deve ser descartado corretamente.

O ideal é reciclar e reutilizar todos os resíduos da construção civil, como no caso dos azulejos, blocos, telhas, madeiras, entre outros. O ato de reutilizar tais entulhos reduz os impactos ambientais e até mesmo os custos, já que os materiais poderão ser reutilizados por um custo muito menor.

Busque ecopontos na sua cidade. Eles são pontos de entrega voluntária e possuem o serviço gratuito. Entretanto possuem um limite de recebimento por dia.

Se você não quer ficar os locais adequados para o descarte da sua obra, faça a locação de caçambas logo no início da construção. Escolha uma empresa que assuma a responsabilidade de dar a destinação correta ao entulho que não pode ser reciclado. Além disso, lembre-se de consultar a administração municipal, dessa forma você sabe se o local escolhido para a caçamba é liberado.

Agora que você já se informou sobre os riscos e sobre o descarte responsável, pense e pesquise antes do momento em que você terá que lidar diretamente com esse entulho. Já deu pra perceber que joga-lo em qualquer lugar não é uma opção né?

Leia mais sobre esse assunto na matéria feita pelo Jornal Nacional clicando aqui.

Se você estiver iniciando uma reforma ou construção, confira nosso post 9 passos para baratear a obra da sua casa